SPORTING GOLEIA NO FECHO DA 1.ª VOLTA COM BAS DOST A BRILHAR

O holandês fez um hat-trick e chegou aos 50 golos em 48 jogos na Liga portuguesa.

O Sporting respondeu ao empate a meio da semana na Luz com uma goleada de 5-0 em casa ao Marítimo, em jogo da 17.ª ronda da Liga. Os ´leões` fecham a primeira volta da prova com uma vitória, num jogo onde brilhou Bas Dost. O holandês fez um hat-trick e chegou aos 50 golos em 48 jogos na Liga portuguesa. Bryan Ruiz, titular na Liga oito meses depois, marcou, ele que tinha feito o último golo em Alvalade há um ano e meio, precisamente frente ao Marítimo. Acuña fechou as contas do jogo.

O forte frio que se abateu sobre o país (registava-se 10 graus em Alvalade no início da partida) deve ter ´congelado` um pouco as ideias dos 22 jogadores em campo no primeiro tempo. Nos primeiros 45 minutos, o encontro foi disputado a um ritmo baixo, com o Sporting a tentar deitar abaixo o ´muro` madeirense erguido por Daniel Ramos. O 4-5-1 do Marítimo, com linhas muito juntas e um bloco médio-baixo, retirava espaço para a criatividade leonina.

Com quatro alterações em relação à equipa que empatou com o Benfica na 4.ª feira (André Pinto, Ristovski, Bryan Ruiz e Podence nos lugares de Mathieu, Piccini, Acuña e Battaglia), o Sporting tentava desbloquear o encontro pelo meio, aproveitando a capacidade de passe de Bruno Fernandes e do médio costa-riquenho, titular na Liga, oito meses depois. Mas continuava a faltar espaço.

O Marítimo, que estava bem arrumado a defender e saia em contra-ataque quando podia, cometeu o primeiro erro posicional aos 21 minutos e foi duramente castigado. Gelson foi lançado por Coates na direita, centrou logo para a pequena área onde Bas Dost só teve de encostar. Os centrais da equipa madeirense demoraram imenso tempo a recuperar o seu posicionamento. Mas antes desse tento, o primeiro golo do jogo podia ter surgido na outra baliza se Diney não tem falhado o alvo, após livre de Edgar Costa aos 19. O central tinha tudo para marcar.

Mesmo a perder o Marítimo não mudou muito a sua forma de atuar. O 1-0 deixava o jogo em aberto até porque o Sporting não estava a criar muitas oportunidades. E quando surgiam, eram quase sempre pela direita. Bas Dost teve o 2-0 nos pés aos 36 a passe de Ristovski mas falhou o toque na bola, para desespero dos adeptos leoninos.

O 1-0 ao intervalo premiava a equipa que mais tinha procurado o golo pelo que se esperava uma reação dos maritimistas. Mas ela não foi a desejada por Daniel Ramos já que o Sporting fez o 2-0 aos 50 minutos num remate colocado de Bryan Ruiz. O costa-riquenho, titular na Liga pela primeira vez esta época, aproveitou um passe de Bruno Fernandes para marcar. O lance nasce de um desentendimento entre dois jogadores do Marítimo sobre quem devia atacar a bola. Agradeceu o médio português que ganhou a bola e assistiu Bryan Ruiz que marcou em Alvalade, um ano e meio depois. O último golo tinha sido exatamente frente aos madeirenses na 1ª ronda da Liga 2016/2017.

A resposta maritimista foi ténue, mas ainda assim deu para assustar Patrício em dois lances em que Gamboa e Fabrício ficaram perto do golo. Mas era demasiado curto.

Já com Acuña, Battaglia e Iuri Medeiros em campo, nos lugares de Bryan Ruiz, Gelson Martins e Podence, o Sporting chegou aos 3-0 aos 74 minutos, outra vez por Bas Dost, outra vez a encostar quase em cima da linha de golo uma boa jogada pela esquerda. Um golo simples do holandês numa jogada onde o mérito é quase todo de Bruno Fernandes, após passe de Coentrão.

Já com o Marítimo derrotado e já sem força para esboçar o que quer que fosse, os ´leões` aproveitaram para chegar a goleada, em mais um golo fácil de Bas Dost. Bruno Fernandes disparou forte, dentro da área, Charles defendeu para a frente onde estava a cabeça goleadora do holandês, a encostar para o 4-0, o terceiro na conta pessoal.

Os 41.754 espectadores em Alvalade iam fazendo a fazendo a festa e pedindo mais. Iuri Medeiros teve uma grande oportunidade aos 84 minutos mas, isolado perante Charles, rematou para grande defesa do brasileiro que defende as redes do Marítimo. Mas aos 92 Charles nada pode fazer para travar o remate de Acuña, que fez o 5-0 para os comandados de Jorge Jesus.

Charles foi o melhor da equipa de Daniel Ramos que volta a perder, depois da derrota caseira frente ao Chaves a meio da semana.

O Sporting termina assim a primeira volta da Liga com uma vitória, depois do empate a meio da semana no dérbi com o Benfica.

sapo desporto

%d bloggers like this: