Preparando-se com afinco para o retorno ao mercado de trabalho…

Uma situação de desemprego, não deve ser encarada como algo irreversível, um túnel escuro e sem fim, à vista.

A formação, o conhecimento e a troca de informações entre pessoas que se encontram num determinado momento sem trabalho, são fundamentais para que o crescimento profissional seja alcançado a breve trecho e, também, para que o cidadão ou a cidadã que esteja no desemprego, não se sinta off the road.

As imagens abaixo mostram bem isso: escolhemos a formação de francês (formação de 100 horas) que está a decorrer até ao final de Julho no Mira Center, como um dos muitíssimos bons exemplos que se espalham pelo país fora e que ajudam homens e mulheres a sentirem-se úteis para a sociedade e motivados para o retorno ao mercado de trabalho.

Gente interessada em aprender (na maior parte dos dias durante quatro horas), a camaradagem também faz parte destas formações que são dadas – geralmente – por profissionais competentes, verdadeiramente interessados em contribuir para com o conhecimento de quem ali se encontra.

Há momentos para tudo: aprender, rir, desabafar, partilhar emoções e, também, para aproveitar os quinze minutos de intervalo para lanchar em conjunto, aumentando ainda mais a já estreita colaboração de cada um com o outro.

Há muito que o estigma destas formações desapareceu, felizmente. Todos saem a ganhar com estas formações… incluindo os empresários que acabam por absorver as pessoas que ali estiveram. Eles sabem, de antemão, que quem ali esteve, encontra-se um pouco mais preparado para dar o melhor de si às suas empresas…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jornal Mira Online