Por um (enorme) amor à camisola…

A grandeza de uma Associação, como em quaisquer outras entidades, faz-se pelas pessoas que ela contém. O Clube Domus Nostra fez-se grande, mais uma vez…

Mais que um pavilhão, mais que equipas a competir em vários escalões desportivos, mais que estar ligado a muitas atividades culturais e desportivas do Concelho e da região… mais que tudo isto – e as imagens desta reportagem o demonstram – o Clube Domus Nostra é constituído por pessoas.

Tal como em qualquer local onde existam pessoas bem formadas, ali há gente que cultiva a amizade sincera, gente que faz questão de sorrir sem a falsidade que pode enganar muitos por algum tempo, mas que não engana a todos para sempre.

Ali há uma alma , uma aura, uma paixão inabalável por toda uma estrutura que se veste de vermelho e negro. Ali, as pessoas confiam na cadeia de comando e sentem o clube como se sente uma família!

Clube Domus Nostra vai conquistando o seu espaço num panorama desportivo que vai muito para além das fronteiras concelhias. De muito longe se ouvem vozes de quem consegue perceber a grandeza deste pequeno clube aldeão. De Lisboa a Viseu, de Nelas ao Porto, de norte a sul… um pouco por todo o lado, já se ouviu falar ou se escreveu sobre esta gente, este clube, esta pequena e simpática localidade de Portomar.

Segunda Gala do Domus Nostra levantou o véu, um pouco mais, do futuro que está reservado a este clube. Trazer dois campeões europeus de Futsal, sendo um deles o próprio selecionador nacional, não está ao alcance de todos mas, sim, de uns poucos que se aventuram a querer ser maiores do que já foram e que pretendem ser, em algum momento, ainda maiores do que hoje são!

Parabéns ao Clube Domus Nostra…

Eis a relação dos nomeados (os vencedores estão em negrito):

“Equipa do Ano”: a atribuir à equipa que na época desportiva em questão tenha demonstrado um desempenho desportivo com resultados de nível de destaque. “

  • Futsal Iniciados
  • Futsal Seniores M
  • Futsal Benjamins
  • Pesca Surfcasting

 “Atleta do Ano (Masculino e Feminino)”: Atletas do Domus Nostra há mais de 2 anos, e que no ano desportivo, se tenham evidenciado nas diferentes modalidades individuais ou colectivas, em termos desportivos em prol do seu clube. Prémio atribuído aos atletas, que mais se evidenciaram na sua modalidade com resultados de mérito reconhecido e relevantes para o clube.

  • Cláudio Ferreira – Futsal
  • Fábio Rumor – Futsal
  • Gonçalo Gonçalves – Futsal
  • Rui Patarra – Pesca Surfcasting

 “Treinador do Ano:” a atribuir ao Treinador que desenvolveu um trabalho de relevo ao serviço da sua equipa e que, desta forma, elevou o nome do Domus Nostra.

  • David Cavadas – Futsal
  • Cláudio Cruz – Futsal
  • Beto Maranhão Futsal
  • Santana – Pesca
  • João Monteiro – Karate

“Atleta Revelação do Ano”: Para este prémio, serão ilegíveis os atletas com idade inferior a 19 anos, e que na época desportiva em questão se tenham destacado nas categorias jovens ou, eventualmente pelo valor patenteado na sua participação já na categoria sénior da respectiva modalidade

  • João Manco – Futsal
  • Gonçalo Castanheira – Futsal
  • Simão Gordo – Futsal
  • Marcelo Camarinha – Futsal
  • Rúben Pereira – Futsal

“Adepto do Ano”: Prémio a atribuir ao adepto e/ou sócio que ao longo do ano se destacou no apoio às diferentes equipas, que seja presença assídua nos diversos momentos da vida desportiva do clube

  • Rui Nunes
  • João André Maranhão
  • Vítor Mingatos
  • João Caetano

“Guarda Redes do Ano”: a atribuir ao GR que ao longo do da época se tenha destacado na sua equipa, quer seja por ter contribuído para vitorias colectivas, chamadas a escalões superiores e/ou exibições individuais. “

  • Simão Marques
  • Marcelo Camarinha
  • Guilherme Azeiteiro
  • Marlene Patusco

 “Menção Honrosa” – Dedicação: Prémio com o objetivo de homenagear pessoas, cujo percurso de vida se confunde com o da instituição a que se dedicam de forma empenhada e desinteressada, independentemente dos diversos corpos dirigentes que por elas vão passando.

  • Menção Honrosa: Dedicação – CDN
  • Mickael Grego
  • Mauro Frada
  • Ricardo Ferreira

“Menção Honrosa – Carreira”: a atribuir a quaisquer agentes desportivos que, pelo seu empenho e dedicação, ao longo da sua carreira, se tenham distinguido pelo excepcional contributo em prol do seu clube/ instituição, com resultados de mérito reconhecido, e que tenha contribuído de uma forma significativa para o desenvolvimento e visibilidade da prática desportiva.

  • Jorge Braz
  • Luis Patrão

“Menção Honrosa” – Homenagem: a atribuir a pessoas/ organizações/ empresas, que durante o ano tenham de uma forma impar contribuído para o desenvolvimento da associação, ou outro que o Domus Nostra verifique que será digno da atribuição deste prémio.

  • Intermarché de Mira

“Prémio: Diretor do Ano: a atribuir ao agente desportivo que ao longo do ano se destacou no desempenho das suas funções. Quer sejam desportivas, organizativas ou diretivas. Serão valorizadas qualidades como a disponibilidade, entreajuda e cooperativismo.”

  • José Rua

“Prémio: Projeto do Ano: a atribuir ao projeto que ao longo dos anos mais se destacou no seio da associação, que revele inovação, surpresa e resultados. Se a comissão organizadora assim o entender este prémio poderá ser entregue a projetos fora do Clube Domus Nostra.”

  • Seniores F

Este slideshow necessita de JavaScript.

O belo espaço musical esteve a cargo de Raquel Franco, Séfora Rua, André Ferreira e Tó Zé Rodrigues

Já o momento de dança foi abrilhantado por Séfora e Salomé

Jornal Mira Online