Parque Infantil da Presa “renasceu das cinzas”

Sexta-feira, dia 3 de Agosto, foi a data assinalada para a reinauguração do Parque Infantil da Presa, em Mira.

O parque, que foi inaugurado há menos de 2 anos e totalmente destruído pelo incêndio de 15 de Outubro de 2017, foi reconstruído através da estreita colaboração entre a Câmara Municipal de Mira e as Infraestruturas de Portugal que no âmbito da sua ação social prontificou-se, em conjunto com o Município, a reabilitar o espaço” conforme afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Mira, Raul Almeida, ao Jornal Mira Online.

Cerca de 12.000 euros foi o investimento municipal nesta obra que “pretende ser simbólica, uma vez que é destinada às crianças, que são o que desejamos para Mira… o futuro!”.

Contando também com a colaboração importante da UD Presa na primeira fase, a da limpeza do local, Nelson Reverendo, o seu Presidente, e Raul Almeida confirmaram à reportagem que este momento solene procurou demonstrar “a todos os mirenses que podemos e somos capazes de renascer das cinzas”.

Muito falta, ainda por fazer no rescaldo daquela fatídica noite. “Ainda temos de reconstruir a ponte ciclo pedonal, no Casal de São Tomé, os nossos Palheiros, que sempre estiveram presentes nas nossas mostras gastronómicas, atuarmos a nível de sinalização, em estradas, em equipamentos…” disse Raul Almeida salientando uma “despesa extraordinária, onde estão identificados 1.900.000 euros de prejuízo com o incêndio… ainda nada recebemos, mas há a promessa de ressarcimento através do Fundo Europeu de Solidariedade. Estamos a aguardar que o governo abra o aviso necessário para que os valores venham”.

Quanto às Infraestruturas de Portugal, segundo o seu Presidente, “tem procurado incidir o seu trabalho nos territórios atingidos pelos fogos do ano passado”. Garantiu, porém, que “cerca de 60% dos territórios que nos compete limpar, estão intervencionados neste momento. Esperamos encerrar estes trabalhos até Setembro, mas nunca nos esquecemos que o trabalho é para ter continuidade nos moldes que foram desenhados…”

Jornal Mira Online

Este slideshow necessita de JavaScript.