Não eram tantos como de costume, mas estavam cheios de fé!

 

Não eram tantas as pessoas, como no ano passado ou em anos anteriores… mas, a fé era a mesma!

Aconteceu no passado Domingo, 5 de Agosto, a Festa do Pescador e do Emigrante na Praia de Mira, localidade já, por si só, com muitas pessoas a visitá-la por esta altura.

Talvez pelo calor que se fazia sentir e que convidava a muitos a permanecer na orla marítima, não foram tantos os visitantes que se deslocaram até a Barrinha para assistir à belíssima Procissão que acontece no mês de Agosto, quando uma grande parte dos Emigrantes regressa ao Portugal querido e nunca esquecido…

Mas, as que compareceram, mostraram a mesma fé e esperança no amanhã, para além de trazerem no semblante, o agradecimento pelo facto de terem o privilégio de ali estar.

As imagens bonitas que se seguem, dão uma noção do ambiente que se vivia no local e, também, ali a volta. Do colorido das flores às brincadeiras de verão, de tudo houve um pouco sem, no entanto, encobrir o que de tão belo acontecia: o toque no coração de cada um que participou, fosse de que forma fosse, em mais uma Procissão…

Jornal Mira Online

Este slideshow necessita de JavaScript.