Incêndio em Mira colocou habitação em risco

Passavam poucos minutos das 9 horas da manhã desta segunda-feira, quando os Bombeiros Voluntários de Mira foram chamados para um incêndio numa habitação na Rua Teófilo Braga, em Mira.

Segundo informação oficial dos BVM, tratou-se de um incêndio que deflagrou na cave e a na garagem da habitação e que, devido ao fumo, condicionou – e muito – o trabalho dos operacionais.

Foi um trabalho complexo e moroso onde, devido à enorme carga térmica, foi necessário ser criada uma alternativa para que, finalmente, as chamas pudessem ser atacadas.

Ainda na tarde desta segunda-feira, um engenheiro da CM Mira irá ao local para averiguar se há, ou não, condições de habitabilidade na residência.

De referir, também, que os proprietários estavam fora quando o sinistro aconteceu.

Estiveram no local 4 veículos dos BVM, com 15 operacionais, a Proteção Civil, incluindo o Presidente da CM Raul Almeida e o seu vice, Nelson Maltez e a GNR com 2 carros e 2 motos, num total 6 homens, que tomaram nota da situação, para além de orientarem o – muito – tráfego que por ali passava.

A Estrada Nacional 109 (R. Teófilo Braga) ficou cortada durante quatro horas, para que todo o trabalho pudesse ser desenvolvido com naturalidade e com a eficácia necessária.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jornal Mira Online