Hospitais de Coimbra realizam primeiro implante auditivo osteointegrado

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) realizou ontem o seu primeiro implante auditivo osteointegrado, que permite uma melhoria da qualidade de vida de surdos moderados ou severos, anunciou hoje a unidade hospitalar.

“Este tipo de implantes vem suprimir necessidades, sobretudo na área pediátrica, permitindo solucionar casos de surdez causada por malformações ou infeções crónicas do ouvido externo e médio”, explicou o diretor do Serviço de Otorrinolaringologia, Luís Filipe Silva, citado num comunicado do CHUC enviado à agência Lusa.

A intervenção permite manter o ouvido interno e o nervo auditivo, sendo utilizada em doentes que não possuem surdez profunda causada por anomalias do ouvido interno.

O primeiro implante foi colocado hoje numa intervenção realizada no Hospital Pediátrico.

“O Serviço de Otorrinolaringologia do CHUC prossegue o objetivo estratégico de responder a todo o tipo de implantes auditivos, beneficiando da experiência de uma equipa com mais de 30 anos de prática no campo dos implantes cocleares”, salienta o comunicado.

O CHUC já realizou mais de mil implantes cocleares para os casos de surdez profunda, que se fazem em Coimbra desde 1985.

Lusa

%d bloggers like this: