Diogo Morais, da “Adamastor”: “Os pescadores e os populares foram fundamentais para que os golfinhos fossem salvos!”

O dia de ontem (17 de Junho) ficou marcado pelo salvamento de muitos golfinhos na Praia de Mira. O Jornal Mira Online conversou com Diogo Morais, um dos elementos da Adamastor – Associação de Nadadores Salvadores de Mira – para conhecer mais de perto aquilo que aconteceu.

Diogo Morais deu nota de que, “apesar de ter acontecido o anúncio de que os golfinhos foram apanhados em duas redes de duas embarcações, na verdade tratou-se de somente uma rede e de uma embarcação, que se encontrava em trabalho naquele momento”.

Desta forma, assim que a situação foi detetada (“por volta das 12:30 horas”), a Adamastor entrou em contato com as autoridades competentes, para que todos os procedimentos fossem acionados”. O nadador salvador também confirmou que, “tão logo os pescadores da Arte Xávega se aperceberam da situação, trataram de cortar a rede e, apoiados por nós, pela Proteção Civil Municipal e por alguns populares que ali se encontravam, começaram a devolver, de imediato e com mais ou menos dificuldades, os animais ao mar”.

Sensibilizado pelo facto de “populares terem contribuído para que o grave problema fosse resolvido” e, calculando entre “quinze a vinte golfinhos” apanhados na rede, Diogo Morais confirmou que “uma cria, com cerca de um ano, que se encontrava no fundo da rede, acabou por não resistir”, tendo sido levada pelos biólogos do CRAM – Centro de Realbilitação de Animais Marinhos. 

Para além da Adamastor e do CRAM, estiveram presentes a Proteção Civil Municipal e Autoridade Marítima (Aveiro).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entretanto, a Adamastor foi alertada “pelas 21 horas, sensivelmente” para a presença de alguns golfinhos “na região compreendida entre a Praia do Poço da Cruz e do Areão”. Deslocando-se de imediato ao local, a Adamastor, em conjunto com biólogos do CRAM“não detetou a presença de nenhum animal naquela área”, embora considere “normal que estivessem alguns exemplares a nadar por ali”.

Francisco Ferra / Jornal Mira Online

Fotos: Facebook de Jorge Jesus (Corticeiro de Cima), a quem o Jornal Mira Online agradece