Cantanhede: Câmara faz balanço positivo do trabalho da Equipa de Intervenção em Situações de Exceção no apoio a idosos e aos mais desfavorecidos

O Município de Cantanhede faz um balanço bastante positivo, volvidas que estão duas semanas após a entrada em funcionamento da Equipa de Intervenção em Situações de Exceção (EISE). Esta equipa tem vindo a assegurar uma resposta à população mais idosa, sem retaguarda familiar e aos mais desfavorecidos, em isolamento social, assegurando assim a entrega ao domicílio de alimentos, medicamentos e outros produtos de primeira necessidade no sentido de evitar a sua exposição a situações potenciadoras de contágio por Coronavírus.

Criada no âmbito do serviço municipal de Ação Social e Saúde, iniciou a sua tarefas a 17 de março, esta medida já apoia mais de uma centena de habitantes do concelho, com agregados familiares com idades entre os 44 e os 88 anos, na sua maioria pessoas que vivem sozinhas. Para poder aceder a este serviço desenvolvido pela EISE, basta ligar para a linha direta da Ação Social e Saúde através do número 231 249 043 ou do endereço eletrónico smas@cm-cantanhede.pt

A EISE é uma iniciativa que surgiu no âmbito do plano de combate à pandemia Covid-19 implementado pelo Município de Cantanhede e tem percorrido todo o concelho de forma a dar resposta aos pedidos previamente sinalizados. O conceito passa por evitar a saída das pessoas mais idosas ou de risco de suas casas, principalmente as que não têm possibilidades financeiras ou de saúde, executando-lhes as compras que necessitam, quer nos supermercados, quer nas farmácias, fazendo-lhes chegar esses bens e serviços.

A Equipa de Intervenção em Situações de Exceção é constituída por Assistentes Sociais e Psicólogos da Câmara Municipal e do CLDS Cantanhede 4G – Intervir, Integrar e é coordenada pela vereadora da Ação Social e Saúde, Célia Simões, e trabalha em articulação com o Serviço Municipal de Proteção Civil,  presidentes de junta de freguesia, enfermeiros dos postos de enfermagem, técnicos das IPSS e outras entidades que de algum modo possam ter conhecimento de pessoas ou famílias a necessitar de apoio.

Para além deste trabalho, através da linha acionada especialmente nesta fase, a equipa continuará também a prestar informações de caráter geral e específico da ação social a toda a população, assim como reavaliar permanentemente as respostas a dar às situações que se encontram em isolamento (em função da idade, morbidades, profilaxia, entre outros) ou de carência.

Decorrente da estratégia municipal delineada para o combate ao Coronavírus Covid- 19, continuam abertas as inscrições na Bolsa de Voluntários, no âmbito do Banco de Voluntariado de Cantanhede, para acautelar as crescentes necessidades relacionadas com esta pandemia e que abrange fundamentalmente o tecido populacional mais envelhecido e/ou em situação de vulnerabilidade.