Brilhantes, a cantar… e, a falar somente o necessário!

António Zambujo e Expensive Soul deram, no Palco da Expofacic, duas verdadeiras aulas de como convencer o público que a arte de cantar e tocar pode ser feita sem outras estratégias…

Não é necessário falar sem parar: basta interagir com o público, cativá-lo e torná-lo parte integrante do espetáculo…

Foi desta forma tão simples – que é repetida desde os primórdios dos tempos musicais – que as grandes atrações da quarta noite de Expofacic (portuguesas, por sinal) conseguiram prender a plateia, fazendo com que o quarto dia desta Feira, terminasse em grande!

Enquanto isso, em outros palcos aconteciam variadas atuações. – não tão famosas, mas igualmente de qualidade – e, desta maneira, as pessoas paravam e davam por bem empregue o tempo que ali despendiam.

Mas, como a Expofacic vai muito para além de acordes e letras musicais, as milhares de pessoas que passaram pelo fim de tarde e início de noite tiveram oportunidade de desfrutar de todo o tipo de atrações.

Esta é, sem dúvidas, uma verdadeira festa familiar… e, hoje tem mais!

Jornal Mira Online

Este slideshow necessita de JavaScript.